Prêmio Anitas Libertas, 2018

Miriam recebeu o Troféu Anitas Libertas em 08 de março de 2018, como um reconhecimento da atuação feminina na área de meio ambiente. O troféu é uma homenagem da ONG Anitas Libertas que busca o empoderamento da mulher em Santa Catarina.

Personagem Catarinense, 1996

Miriam Prochnow e Wigold Schaffer foram considerados “Personagens Catarinenses” na área de Meio Ambiente, pelo Jornal Diário Catarinense, da rede RBS.

O jornal fez uma edição especial, por ocasião de seus 10 anos de existência, contando a história e a vida de nomes que projetam o Estado de Santa Catarina. Miriam e Wigold figuram ao lado de nomes como Gustavo kuerten, Fernando Scherer, Leonardo Boff, Dom Evaristo Arns, Juarez Machado, Lindolfo Bell e Vera Fischer.

Prêmio Ford de Conservação Ambiental, 2005

O Prêmio Ford de Conservação Ambiental, uma iniciativa conjunta da Ford e da Conservação Internacional, encoraja o desenvolvimento de projetos de proteção à natureza e à biodiversidade e do uso sustentável de recursos naturais no Brasil, contribuindo para a criação de modelos de desenvolvimento sustentável.

Miriam Prochnow recebeu o prêmio na categoria “Conquista Individual” oferecido a profissionais que dedicaram grande parte de sua vida a esforços ligados à conservação do meio ambiente.

Mulher Guerreira, 1997

Concedido a Miriam Prochnow pela Prefeitura Municipal de Rio do Sul (SC), em março de 1997, em nome de toda a comunidade pela índole batalhadora em prol da gente riosulense, no Dia Internacional da Mulher.

Troféu Onda Verde – Personalidade Ambiental, 2017

Miriam Prochnow recebeu o Troféu Onda Verde de Personalidade Ambiental, do 24º Prêmio Expressão de Ecologia, pelos visionários trabalhos desenvolvidos ao longo de sua jornada e por ser considerada uma aguerrida guardiã das florestas. Aplaudida de pé, Miriam fez um chamamento a toda a sociedade: “vamos juntar todas essas ondas verdes de projetos e transformá-los em uma tsunami em favor do desenvolvimento de paisagens sustentáveis. Sigamos o exemplo do lema que inspirou a criação da Apremavi: boca no trombone e mão na massa para combater todos os retrocessos ambientais que estão em andamento”.O Viveiro de Mudas Jardim das Florestas, da Apremavi, também foi um dos vencedores do prêmio, na categoria Conservação de Recursos Naturais. O Prêmio Expressão de Ecologia foi criado em 1993 pela Editora Expressão, um ano após a Conferência Mundial do Meio Ambiente no Rio de Janeiro – Eco 92. O prêmio divulga as ações ambientais da região Sul do Brasil.

Miriam foi condutora da Tocha Olímpica em 2016, no grupo Abraça, os Campeões da Floresta

Acompanhe

Conheça