Ambientalistas se unem à Miriam para ter uma representante no Congresso Nacional

Joinville (22.7.10). Durante reunião com empresários do ramo de orgânicos, ambientalistas, estudantes e outros simpatizantes à causa do meio ambiente, Miriam Prochnow, candidata a deputada federal pelo PV, lançou seu palanque eletrônico em Joinville. “Minha campanha estará toda on-line. Quero que essa ferramenta nova, de acesso irrestrito e alcance imensurável ajude a difundir as ideias e projetos que defendo e quero levar para o Congresso Nacional”, discursa Miriam durante o lançamento.

Dentre as ferramentas eletrônicas estão o site (www.miriamscverde.com.br), rede sociais (http://miriamscverde.ning.com/), twitter (@miriam_prochnow), orkut, facebook, flickr, youtube e formspring. “Toda a campanha on-line tem como missão aproximar o eleitor das questões apresentadas. Minha campanha é um projeto coletivo, as pessoas podem e devem participar e nos enviar assuntos e ideias que são importantes para a região onde vivem”, explica Miriam. E conclui que “a interação é importante porque traz a realidade para dentro da teoria”.

Durante o encontro a preocupação em se discutir questões do futuro se mostrou presente. A produção de alimentos transgênicos e a aprovação de novas culturas trangênicas pelo Governo é uma preocupação dos defensores da agricultura orgânica.

Miriam contou a trajetória de sua vida e falou das experiências que teve com agricultura orgânica. “Minha família e eu moramos numa comunidade rural em Atalanta e lá, na década de 80, começamos algumas experiências em agricultura orgânica. Plantamos cebola, milho, hortaliças, frutas diversas e criamos galinhas, vacas e porcos. Também plantamos muitas árvores, entre as quais erva-mate, palmito, araucária e muitas outras espécies, contou Miriam. “Por isso que para mim, falar de agricultura é fácil. Além disso sou filha de agricultores e muitos dos meus familiares ainda são agricultores”, relembrou.

O aprendizado com esse trabalho serve há mais de 20 anos como laboratório para os trabalhos de capacitação e difusão dos princípios da agricultura orgânica e trabalhos de recuperação ambiental que foram desenvolvidos pela Associação de Preservação do Meio Ambiente e da Vida – Apremavi, entidade que ajudou a fundar e para a qual se dedica há mais de 23 anos.

O Estado de Santa Catarina é um dos principais produtores de alimentos do Brasil. A agricultura familiar é fundamental na geração de empregos, sendo responsável por cerca de oito em cada 10 empregos gerados no campo. A agricultura familiar, com aproximadamente 200.000 famílias, é responsável por mais de 70% do valor da produção agrícola do Estado. “Esses dados deixam claro a necessidade de políticas públicas que ajudem os agricultores. Hoje temos ações apenas de fiscalização e multa, mas precisamos que esses agricultores sejam capacitados e entendam quais os benefícios da recuperação do meio ambiente”, defendeu Miriam.

Texto: Francini Lessa

1 comment to Ambientalistas se unem à Miriam para ter uma representante no Congresso Nacional

  • Hipócrates, pai da medicina, disse “faz do teu alimento o teu remédio”. A opção pela agricultura orgânica, livre de pesticidas e químicos, ajudaria em muito na prevenção das doenças degenerativas. Vale muito mais gastar um Real na prevenção do que 10 em tentativas de cura, quase sempre dispendiosas.

    O enfoque do Miriam está alinhado com grandes cientistas e benfeitores da humanidade, entre eles Chaboussou, Voisin e os brasileiros Artur e Ana Maria Primavesi. Por isso, estou convicto de que apoiamos quem conhece e defende os interesses populares. Chega de toma-lá-dá-cá, políticos, cujas convicções e bandeiras, tem a cor do vil metal. Miriam 4343.

Leave a Reply

  

  

  

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Spam Protection by WP-SpamFree