Olhar pra frente. Um desafio!

A vida é cheia de desafios. Desafios que se apresentam todos os dias nas mais diferentes cores. Na vida de uma ambientalista essa cor muitas vezes não é o verde da mata ou o azul do céu, mas sim o laranja das queimadas, o cinza da fumaça, o preto do óleo derramado, o vermelho do desmatamento.

Precisamos saber encarar todas essas situações com um olhar crítico, mas sempre de esperança, de ação concreta e com um olhar pra frente. Um olhar que nos dê a real noção do que precisa ser feito para que cada cidadão possa viver com dignidade, que as mulheres tenham oportunidades e direitos iguais, que os jovens tenham protagonismo e oportunidades de trabalho e que também as futuras gerações continuem tendo oportunidades dignas de viver neste planeta, felizes e com qualidade de vida. Um olhar que reconheça essas mesmas oportunidades a todas as espécies que convivem com o ser humano.

Venho me apresentar como Candidata a Deputada Federal, pois acredito que o Brasil pode e deve fazer muito mais. Muito mais pela saúde, pela educação, pela agricultura familiar, e pelo desenvolvimento sustentável. Um desenvolvimento que cuide do bem estar das pessoas, respeite os direitos das gerações futuras e a natureza.

A minha candidatura a Deputada Federal pelo PV é fruto de um desafio proposto por nossa querida candidata a Presidente, Marina Silva. Marina me convidou a ser candidata em razão da minha história de trabalho construída na região do Vale do Itajaí e em outras regiões de Santa Catarina e no Brasil. Marina afirma que reúno todas as condições para ajudá-la a trazer o tema da sustentabilidade para o centro do debate político e econômico.

Aceitei esse desafio por acreditar que chegamos num momento crucial para o futuro do planeta. O Brasil já está entre as 10 maiores economias do mundo, mas é o campeão mundial em termos de biodiversidade, ou seja, é também uma verdadeira potência ambiental. Por isso, o Brasil pode e deve fazer muito mais, deve ser protagonista de um modelo de desenvolvimento sustentável e não apenas gerenciar as velhas e ultrapassadas formas de crescimento econômico, que desperdiçam os recursos naturais e não consideram a sustentabilidade e os direitos da maioria da população e das futuras gerações.

Acredito que a construção de um Brasil sustentável passa por uma revisão séria e profunda de temas fundamentais como educação, saúde, energia, transporte e conservação dos recursos naturais. O Brasil precisa de um novo olhar e uma nova forma de governar, precisa de um líder e não apenas de um gerente, precisa de alguém que respeite a diversidade sociocultural e ambiental e aprofunde a democracia, abrindo maior espaço para a participação das mulheres, dos jovens e dos núcleos organizados da sociedade.

MARINA SILVA é essa líder, uma líder que pensa a política e a economia do século 21. MARINA acredita que é necessário um “esforço coletivo, que esteja acima de nossos esforços individuais” para conduzir o Brasil rumo à sustentabilidade, por isso quer governar com a participação dos “núcleos vivos” e organizados da sociedade e não com base em maiorias fisiológicas.

A minha candidatura é um projeto coletivo, um projeto de todos e todas as pessoas que defendem e acreditam na sustentabilidade e querem uma representação ativa e que conheça profundamente a realidade da nossa região e do nosso Estado no Congresso Nacional.

Venha fazer parte desse projeto inovador de construção do futuro que queremos para o nosso Estado e País. Envie sugestões e comentários. Convide seus amigos e vizinhos a participar, mobilize as pessoas em sua rua, seu bairro e sua cidade.

Faça de sua casa uma Casa de Miriam e Marina.

A vida é cheia de desafios. Desafios que se apresentam todos os dias nas mais diferentes cores. Na vida de uma ambientalista essa cor muitas vezes não é o verde da mata ou o azul do céu, mas sim o laranja das queimadas, o cinza da fumaça, o preto do óleo derramado, o vermelho do desmatamento. Precisamos saber encarar todas essas situações com um olhar crítico, mas sempre de esperança, um olhar pra frente. Um olhar que nos dê a real noção do que precisa ser feito para que as futuras gerações continuem tendo oportunidades dignas de viver neste planeta, felizes e com qualidade de vida. Um olhar que saiba dar essas mesmas oportunidades a todas as espécies que convivem com o ser humano.

Estamos no ano internacional da Biodiversidade. Moramos no país mais biodiverso do mundo. Temos em nossas mãos a chance de transformarmos essa potência ambiental que o Brasil, numa nação onde o desenvolvimento sustentável não seja apenas mais uma bonita expressão do dicionário ambiental.

Neste dia mundial do meio ambiente, abraçamos mais um desafio. O desafio, de junto com a sociedade, elaborar propostas que construam uma Santa Catarina e um Brasil sustentáveis.

Precisamos olhar pra frente. Ajude a plantar esta ideia.

Leave a Reply

  

  

  

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Spam Protection by WP-SpamFree